28.12.11

É inverno...


É inverno meu amor
E as árvores estão nuas
hirtas e erectas 
desgrenhadas pelo vento
sacrificadas às geadas...
Espelhadas nas águas
sofrem em silêncio
um segredo de dor...
Não é tempo de papoulas
 meu amor
porém irei para ti 
 só tens que chamar.
Para tudo para nada
o que estiver contido
na realidade ampla e actuante
da magia de amar.

S. G.