26.3.12

Olhar o finito...


Numa casa de paredes de bambu e papel
é seguro correr as portas
e olhar a distância...
Cada ponto de luz é um mundo
do outro lado da vida
e uma alma eterna de menina
pode contemplar
 sorrindo
o absoluto.