31.1.13

Amanhã não é hoje...


amanhã o pôr-do-sol
não será igual ao de hoje
em laivos de cinza e rosas
com excrescências de arminho.

um dia hei-de morrer assim
como um leve e azulinho
voar de mariposas.

leve, le...vinho
só um longínquo
perfume de jasmim
ou um aroma adocicado
de mimosas.

hoje o pôr-do sol
já foi diferente...
sempre é.