26.1.13

Cegueira escrava...


Cega não sou nem escrava de memórias
mas algumas gosto de cultivá-las como flores
ou de acariciá-las como o olhar faz às cores
... harmonias condensadas
com sabores.