7.3.14

Acordar na noite fria...


Acordar na noite fria
sentir-lhe o gelo
estranhar...
Adormecer a meditar
Ia alta a manhã
e o gelo da madrugada 
vestira o rosa das paredes
despindo o meu calor
na nudez do silêncio

 Fora esquecida a janela aberta.

Sem comentários:

Enviar um comentário