11.7.14

Folha branca de papel...


vai alta a madrugada
e um suspiro um lamento uma saudade
 estremecidos no silêncio ansiado
 logo se refugiam
 na folha branca de um papel.

aí adormecem dias
 semanas
 meses
 anos às vezes
talvez resignados
talvez esquecidos...

o tempo que lavrou essa emoção do momento
 encarrega-se de recuperar o grito
 desespero ou lamento
que desliza leve do branco do papel
e se faz ao mundo
rasgando a mudez do silêncio imposto
por duras convenções.

surge agora
 breve honesto verdadeiro
puro e luminoso à claridade.
toma a forma de um beijo ou de um desejo
e  só então se evola ao encontro do amor.

[2014.06.04]

2 comentários:

  1. Um suspiro e um lamento podem ser tão poéticos que levam ao seu eternizar numa folha de papel.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A folha de papel é um mero suporte.
      Mas ajuda a descarregar a emoção.

      Eliminar