11.10.14

Just for you - ERNESTO CORTAZAR


Para alguém...sempre há alguém, um estigma.
uma emoção, um sorriso, 
na corola de inocência de uma simples flor
e uma emoção represa
no suspiro-tremura
de um alguém-criatura
 evocando perdido,
  escondido,
ou ensandecido amor.

Corolas se fecham sobre si 
no lusco-fusco do nosso anoitecer...
Mas a doçura do beijo
chega na brisa suave
que cheira a pétala macia.
E,contudo, irmã da noite sombria...
... recusa fenecer.

Sem comentários:

Enviar um comentário